About Me

My photo
Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil
As antigas civilizações viam na vestimenta as possibilidades de manifestarem as suas verdades e suas ligações com o corpo. Acreditavam que esses dois elementos não se separam nunca, pois tudo é interligado, marcando com isso a singularidade da beleza de cada um. É com esse propósito que crio minhas estampas, para que elas vistam o corpo e a alma. Entrem em contato: marlyarte@yahoo.com.br

Tuesday, December 12, 2006


Li agora em um post de um blog dizendo que " a arte e o artista perdeu o refinamento e a sua relação com a obra já não se harmoniza com o saber."
É perceptível a lacuna entre a obra e sua autoria, é silenciosa e invísivel essa relação. A arte parece caber só nas bienais, e nem sempre convence a sua sustentabilidade. Parece uma Arte em busca do olho de alguém que cada vez mais se completa e fecha em si mesma num círculo que se repete incansavelmente.
Há alguns anos atrás participei de um grupo de artistas que pensaram na possibilidade de buscar na intervenção urbana um caminho que nos permitisse dar visibilidade ao que fazíamos. Nunca imaginei que o povo sentisse tanta fome de arte. Foi fabulosa a experiência. Quando digo isso não quero dizer que a arte acabou ,mas penso que é preciso desatrelar, é preciso buscar outras sustentações para aquilo que a gente chama de Arte, é preciso dar-lhe espaço, é preciso que ela respire além das bienais. É preciso dar-lhe calor.

No comments:

Blog Archive

com o coração

com o coração
É assim que faço

Ilustrando